O auto controle é uma habilidade que todas as pessoas, cedo ou tarde precisam desenvolver. Auto controle é um sinal de maturidade, e praticar esta habilidade pode ajudar a aumentar sua inteligência emocional e seu poder de comandar a mente. Além disso, dominar sua mente e suas ações, é a porta para um vida abundante e cheia de boas realizações.

Por outro lado, a falta de auto controle, causa grandes problemas de baixa potencia e baixo desempenho nas pessoas, como por exemplo, a prática de ações e atitudes pessoais impulsivas e impensadas,  que podem levar a pessoa à consequências indesejadas, como uma alimentação impulsiva, baixa estima ou o uso exagerado de entorpecentes e isto, posteriormente, pode causar arrependimento e depressão.

A falta de controle é um problema que afeta uma porcentagem muito grande das pessoas. Isso é comum porque, grande parte das nossas decisões no dia-a-dia, são feitas com bases em nossas emoções e sensações recebidas de forma externa, ao invés de serem apenas decisões lógicas.

Em um momento onde o ambiente nos causa stress por exemplo, pensamos em aliviar a tensão com algum padrão de solução que construímos ao longo da vida e as vezes, este padrão pode ser representado por um cigarro, ou chocolate, ou roer unhas ou para algumas pessoas, a prática de atividade física.

Se esta ação lhe causar uma sensação de conforto imediato, então é muito provável que ela se repita outras vezes. Então se você é uma pessoa impulsiva, ansiosa e se entrega facilmente a vontades desnecessárias, não se preocupe, neste artigo, vou te mostrar o caminho das pedras para você conquistar maior auto controle pessoal.  

Todos os padrões de comportamento que possuímos, são criados através dos hábitos que associamos a eles. Então toda mudança de comportamento é uma questão de mudança de hábito.

É muito importante entender isso, porque entender sobre os hábitos é a chave para desenvolver o auto controle e ter grandes resultados na vida.

Com a auto hipnose, podemos mudar qualquer tipo de hábito; podemos enxergar prazer em atividades que antes víamos chatice e podemos reprogramar nossas ações por programas saudáveis, positivos e que nos leva a um novo nível elevado de performance pessoal.

Desenvolver autocontrole pode ser um grande desafio, mas é possível realizar mudanças na vida e controlar a impulsividade. Sentir-se no controle de si mesmo e das suas atitudes poderá fazer com que você também se sinta mais no controle da própria vida e mais seguro de quem é, além de aumentar os sentimentos de autoestima. Praticar o auto controle nas pequenas coisas te dá o poder de manter o controle em tudo e isso fará toda a diferença em sua vida.

Como Ter Auto Controle

A seguir, vou mostrar um método capaz de te ajudar a ter maior auto controle. Neste método você pode começar a moldar seus hábitos errados e aprender a manter este auto controle a longo prazo para moldar e modificar de vez, aqueles hábitos que prejudicam a sua performance. Você poderá aplicar os passos que irei explicar, em situações extremas onde você precisar invocar mais auto controle de forma instantânea.

Primeiro Passo do Auto Controle

O primeiro passo deste método é listar mentalmente ou de preferência anotar em algum diário, os comportamentos obsessivos que você possui. Este passo é muito importante, pois reconhecer e ter ciência do que tira o seu controle, é o passo fundamental para uma mudança progressiva. Não há como melhorar sua performance pessoal e seu auto controle se você achar que não há nada a ser melhorado. Então neste primeiro passo, faça uma auto analise dos seus comportamentos impulsivos e anote todos eles em algum lugar.

Se você analisar com cuidado, poderá achar vários comportamentos de baixa performance, como – Por exemplo: Medos de animais de qualquer espécie, alimentação irregular e sem disciplina, procrastinação e preguiça de produzir, consumo excessivo de cigarros, bebidas e outras drogas, uso de palavras impensadas, atitudes sem planejamento, falta de temperamento, stress excessivo no transito, falta de controle com dinheiro e em compras, e outras fobias e ansiedades. Faça esta lista sem medo. Encare seus demônios e anote tudo que você quer controlar em você.

Segundo Passo do Auto Controle

No segundo passo, escolha um comportamento desta lista. A mudança de hábitos leva tempo, e o desenvolvimento do autocontrole requer esforço. Respeite sua energia, seu momento, seu tempo e defina metas realistas e atingíveis. Ao escolher um comportamento para mudar, tenha em mente que você só pode controlar o comportamento.

Por exemplo: Não escolha algo como “ter um relacionamento melhor com seu namorado ou namorada”, já que essa mudança também requer esforço da parte deles. Neste caso, seria melhor você pensar em algo do tipo “melhorar minha comunicação com meu parceiro”; isso será mais apropriado, porque depende apenas de você.

Tome cuidado, por mais ambiciosa(o) que você possa ser, se você tentar mudar vários comportamentos de uma só vez, você corre o risco de se auto-sabotar seus esforços e pode acabar desistindo de continuar. Então comece devagar e mude um comportamento por vez.

Terceiro Passo do Auto Controle

O próximo passo é você analisar quais são os gatilhos emocionais que ativam este comportamento em você. Por exemplo:

O que te faz querer comer aquele super sanduíche gigante e gorduroso no fim da noite, minutos antes de dormir ? é o prazer da preguicinha que dá de ter a barriga super cheia antes de deitar na cama ?! é o custo benefício de uma comida que enche muito por um preço em conta ? ou é isso tudo mais o delicioso gosto do bacon ? (rsrs)

Isso tudo é tentador para algumas pessoas, mas para quem deseja controlar seu peso, comer um sanduíche no fim da noite é jogar fora todo o esforço de ter uma barriguinha enxuta.

Agora, além disso, você tende a comer compulsivamente quando está estressado ? triste e ansioso ?  quando está comemorando ? Então identificar estes gatilhos emocionais é fundamental para qualquer atitude que você queira controlar.

Então se faça as perguntas:

– O que te faz querer ascender um cigarro ?
– O que te faz xingar no transito ?
– O que te dá preguiça no trabalho ou nos estudos ?

Seja sincero e anote todos os possíveis gatilhos que acionam o comportamento que você quer mudar. Estar ciente desses gatilhos, vai te ajudar a se sentir mais no controle de si mesmo e vai te ajudar a tomar decisões melhores para desenvolver o seu autocontrole. Tudo depende do que é certo para você, e o desenvolvimento do autocontrole começa com a compreensão das causas da impulsividade.

Quarto Passo do Auto Controle

O quarto passo fala sobre metas realistas. Usando ainda o exemplo do hábito alimentar. Não adianta você querer tomar atitudes dramáticas do dia para a noite, como por exemplo só comer frutas e verduras a partir de agora. – De imediato, é praticamente insustentável. – Você provavelmente irá se frustar e irá desistir de mudar este hábito. Então estipule uma meta realista, coloque um prazo para você trabalhar este comportamento, dê um passo por vez e sinta o seu comportamento sendo transformado aos poucos.

Quinto Passo do Auto Controle

No quinto passo, mantenha todo o seu progresso registrado. Tenha em nota os dias que você teve um ótimo desempenho no auto controle. – Isso é bom para você relembrar quais as ações que te levou ao sucesso e então poderá repetir e aperfeiçoar estas ações no futuro.

Anote também quando você falhar no auto controle, pois assim, você saberá quais ações te levou a falhar e então, você poderá trabalhar nestas ações e se aperfeiçoar.

Sexto Passo do Auto Controle

No sexto passo, podemos criar condicionamentos mentais.

Manter o auto controle está diretamente ligado a sua capacidade de sua auto motivar. Nós, seremos humanos, sempre agimos de duas formas:

– Ou agimos para fugir da dor Ou para procurar prazer. Esta atitude é comum em qualquer pessoa; sempre agimos desta forma, basta você perceber; E podemos utilizar deste fundamento para nos manter motivado.

Uma pesquisa feita pelo psicólogo social Roy Baumeister e de seus colegas da Universidade Estadual da Flórida, nos mostra que as pessoas costumam manter maior auto controle, quando são ameaçadas de alguma punição ou quando deslumbram uma recompensa para o seu bom comportamento.

Este experimento é semelhante também ao do Doutor Russo Ivan Pavlov; Pois através da punição ou recompensa podemos criar uma ancora condicionada, também chamada de signo sinal.

Neste caso, você pode preparar uma serie de punições ou recompensas para motivar seu progresso na mudança de um comportamento. Sempre que você cumprir um dia de auto controle bem exercido ou quando você se manter controlado em uma situação de stress, se recompense com um presente especial; este presente pode ser qualquer coisa que lhe dê prazer e seja saudável para o corpo e a mente.

Já no caso de você falhar em cumprir, faça uma punição como forma de condicionamento a ser evitado. Você pode usar a técnica do elástico. Coloque um elástico daqueles que embrulha pamonha no braço e sempre que você se deparar na eminencia ou cometer a ação de perder o auto controle, puxe a elástico no braço com muita força; a dor serve como uma ancora mental e com a prática, isto fará você lembrar de não repetir aquela ação negativa novamente no futuro.

Sétimo Passo do Auto Controle

No próximo passo, falamos do poder do propósito. Manter um proposito bem definido mantem as pessoas bem motivadas. Coloque seu objetivo de ser um pessoa emocionalmente controlada, como uma missão de vida.

Pessoas com bom autocontrole são, em geral, mais bem-sucedidas no trabalho e mantêm relacionamentos estáveis, como comprovam os estudos do professor Roy Baumeister da Florida. Então ter este objetivo como um propósito de vida, pode abrir várias portas importantes para o seu futuro.

Oitavo Passo do Auto Controle

E por fim, a mudança de hábito e auto controle depende de adotar novos hábitos que elevem nosso potencial. Então identificar o comportamento errado e parar de pensar nele não é o suficiente; é preciso substituir o comportamento por outro. Então quando ocorrer momentos de stress, ansiedade e pressão, ao invés de você realizar o hábito de fumar ou comer por exemplo, adote uma nova atividade que possa elevar o seu desempenho pessoal; como por exemplo: fazer uma atividade física, tomar um chá de camomila, pintar um quadro, aprender mecânica ou ver um filme.

Estas dicas de auto controle são muito subjetivas e exige muita da sua força de vontade. Tente contar com o apoio de amigos e familiares, eles podem trazer inspiração e motivação nos momentos difíceis.

Você pode também contar com o apoio de nossa comunidade para trabalhar melhor seu auto controle. Caso tenha dúvidas, sugestões, dicas extras, deixe seu comentário abaixo, será de grande ajuda e muito bem aceita por nós.

Pratique estas dicas e você verá grandes progressos e benefícios em seu comportamento e em sua vida.

Veja mais aqui sobre o nosso artigo sobre 12 Hábitos Para O Sucesso Na Vida, um artigo que pode iluminar mais sua mente.

Você pode ver aqui também o nosso curso gratuito e exclusivo sobre inteligência emocional. Confira!

Abraço!